Florianopolis / SC - quarta-feira, 23 de abril de 2014

Tremor

Quem treme tem Parkinson?

O tremor pode ser definido como um movimento involuntário ( isto é, que não depende da nossa vontade ), rítmico. Existem vários tipos de tremor e o mais conhecido e temido é aquele tremor da doença de parkinson.

O tremor do Parkinson geralmente inicia nos membros superiores, de um lado só, pela mão. Este tremor costuma ser mais evidente quando a pessoa repousa a mão no colo ou simplesmente deixa o braço parado ( tremor de repouso). É um tremor bem característico pois dá a impressão de que a pessoa está "contando dinheiro".

Parkinson é uma doença complexa que não causa só tremor. Dificuldade para levantar-se de uma cadeira, lentidão ao se mover, esquecimento, quedas frequentes, dificuldade para dormir, pele oleosa, intestino preso; são outros sintomas desta doença que é incurável porém, tratável.

A boa notícia é quem nem todo mundo que treme tem parkinson.

Algumas famílias possuem no seu sangue um gene que pode levar a uma doença chamada Tremor Essencial. Este tremor costuma acometer inicialmente as duas mãos e piora qdo a pessoa vai realizar movimentos como, por exemplo, tomar um cafezinho. Este tremor pode ser tão intenso que chega a derramar o café da xícara. Neste caso é comum mais de uma pessoa da família tremer, sendo que algumas podem tremer desde jovens e outras só com idade avançada.

Além das mãos pode ser percebido tremor na cabeça ( movimento semelhante ao que fazemos quando queremos dizer "não") e no queixo. Em situações de tensão emocional ficam mais evidentes.

Existe tratamento para tremor essencial que alivia bastante o tremor e melhora a qualidade de vida do paciente pois apesar de não ser uma doença grave, é muito incômoda, levando a pessoa a ter vergonha de comer em restaurantes ou assinar um cheque em público.

Tremor em jovens pode estar associado a ansiedade, timidez e estresse. São tremores acompanhados de suores, tonturas, taquicardia. São tratados com medicações antidepressivas e ansiolíticas.

Outras doenças mais raras podem se manifestar como tremor. O importante é esclarecer com o médico qual a causa e assim poder fazer o tratamento adequado.

 

 

Esta página tem o objetivo de informar pessoas que sofrem de doenças neurológicas ou que possuem parentes e amigos enfermos a quem desejam ajudar.